Máscara, Isabela Xavier

mascaras

Máscara

De repente, pegando-a desprevenida

A máscara caiu no chão

Não sabia qual expressão assumir

Se de surpresa

Se de ira

Se de tristeza

Há tantos anos fingia ser

Que já desconhecia o próprio rosto

p.s: A poetiza Isabela Xavier me surpreendeu muito!

Anúncios